sUspIrOs e EspIrrOs dA vIdA dE UmA mUlhEr sOnhAdOrA...
11 de Julho de 2011

suspiro da borboletasonhadora às 11:59
08 de Julho de 2011

 

 

Sei que nem sequer ainda estou grávida, mas não resisti....................

suspiro da borboletasonhadora às 09:14
07 de Julho de 2011

 

 

Sim depois do susto e depois de muito pensarmos decidimos que queremos ter um bebé, sermos um só:)

Ontem tive a minha primeira consulta de planeamento familar, conselhos foram poucos , pois acho que já tenho bastante informações arrecadadas, desde amigos, familia, pesquisa na internet.

Sei que vai ser uma nova fase da minha vida, que tudo vai mudar, vou ter outras prioridades, se estou preparada, não sei, mas sei que sou forte o suficiente para aguentar.....

 

Estu felizzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz!!!

suspiro da borboletasonhadora às 17:00
21 de Junho de 2011

 

 

Ao VERÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

suspiro da borboletasonhadora às 10:52
20 de Junho de 2011

 

 

 

8 Aninhos!!!!

suspiro da borboletasonhadora às 10:05
25 de Maio de 2011

É impressionante como o Ps viu o Pais na ruina e ainda o afundou mais e no final ainda existem pessoas a querer votar nele...

É isso mesmo, vamos fazer o funeral a Portugal..... 

suspiro da borboletasonhadora às 09:04
24 de Maio de 2011

 

 

1 Aninho se passou, parece que foi ontem!!!

Agradeço à minha querida Didi pois foi ela que me abriu as portas, que me ajudou a criar este blog e me acompanha sempre...

Agradeço aos visitantes, embora sejam poucos tenho a certeza que são muito bons...

Pedia que esta semana em especial deixassem uma mensagem, mesmo aqueles que só espreitam....

 

Obrigada companheiros!!!!

suspiro da borboletasonhadora às 14:15
18 de Maio de 2011

 

 

 

 

 

suspiro da borboletasonhadora às 11:43
17 de Maio de 2011

 Sobre este assunto tenho opinião pessoal, pois eu andei nas novas oportunidades durante 2 anos...

Infelizmente, só fiz o 9º ano no ensino normal, pois não me foi possível seguir em frente, apesar de adorar estudar e ter boas notas. Os meus pais não me deixaram estudar.

Sim. Nasci em 1988 uma geração moderna, mas tive na minha vida muitos percalços.

Fui trabalhar com 14 anos para uma confecção têxtil e trabalhei lá durante 4 anos.

Sempre tive vontade de estudar, por vezes sentia vergonha de os meus colegas andarem na faculdade enquanto eu fiquei apenas pelo 9ºano.

Quando casei, já livre das interferências dos meus pais resolvi estudar. Procurei algo pós - laboral que desse para conciliar com o meu horário de trabalho. Depois de alguma procura a solução passou por frequentar as Novas Oportunidades.

Era todos os dias, das 19h às 23.15h. Ponderei bem, pois tinha acabado de casar. Comecei a passar os finais do dia fora de casa, da relação com o meu marido, etc... Mas decidi avançar, seguir em frente...

Comecei com muito entusiasmo, fez-me lembrar todos os meses de Setembro dos meus anos lectivos anteriores, ansiosa por conhecer a escola, colegas, professores, matérias novas...

No primeiro mês foi a novidade. No segundo um pouco céptica, ao terceiro já estava desiludida. Afinal não era o que eu pensava.

Eu estava ali para aprender, estudar, ser avaliada pelo meu desempenho e ter uma avaliação por tudo o que fazia.

Os professores não eram nem de perto nem de longe exigentes como no ensino (dito) normal. Não éramos avaliados como no ensino normal. Bastava atingir uns DR e estava tudo feito. Os trabalhos quer se fizesse ou não…era a mesma coisa. Trabalhar muito ou pouco - era indiferente. Tínhamos colegas que faziam daquilo um passatempo e não respeitavam quem lá estava para aprende. Não havia nada que os demovesse, professores (à excepção de alguns) e a direcção da escola nem pareciam existir...

Sim! Muitas vezes tive vontade de desistir...

Pensei em procurar outra solução - O ensino normal. Fiquei a saber que o nosso (querido) governo acabou com o ensino normal pós laboral, cortando assim todas as esperanças que eu e milhares de Portugueses tínhamos para retomar os estudos e aprender mais.

Eu precisava ter o 12ºano. Por mim e porque só assim posso ambicionar ganhar mais para me sustentar. Tive que me sujeitar e continuar pelas Novas Oportunidades.

Não vou dizer que foi tudo mau. Houve coisas boas. Aprendi muitas coisas, principalmente dos professores que também estavam com disposição para ensinar, infelizmente apanhei alguns que só queriam ganhar o dinheiro deles. Houve aprendizagens que me facilitaram a vida, mas sinto que precisava de mais....

Foi duro, muito duro, ter que abdicar de tempos livres durante 2 anos a estudar e no fim tirar de lá tão pouca coisa, comparando com as expectativas que levava de inicio...

Hoje tenho o certificado. Estou orgulhosa por ter aguentado até ao fim, até porque, a minha turma de 25 alunos, no final terminou com 10 na sala de aula. Isto demonstra a nossa persistência.

É claro que concordo em parte com o Paços Coelho, principalmente porque havia turmas em que os alunos recebiam 100€ por mês para andarem lá a estudar.

Ou seja: disponibilizavam escola e professores e ainda pagavam para que estudassem. Acreditem, essas turmas acabaram todas com o certificado, pois – recebiam!

Concordo: o governo andou a dar diplomas, assim como dá rendimentos de inserção.

suspiro da borboletasonhadora às 17:05

Depois de uma base de dados perdida, depois recuperada, depois de estar doente, hoje regressei....

suspiro da borboletasonhadora às 14:10
Julho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
6 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Continuam bem boms os pansvesseiris
Sou uma de muitas pessoas que trabalham na Panrico...
Lindos
Sou da mesma opiniao, de monento estou na suica e ...
Maravilhosos! :)
Oi princesa.Estou surpreendida contigo. Com tantos...
São maravilhosos os meus meninos:) São meu;)
Está muito ternurento este banho.Poupança de água ...
Obrigada pelo carinho, Euzita:)
Upa...Upa...Acabaram-se as desculpas para a dor de...